Como ganhar a vida vendendo nudes online – Conheça a profissão “Nude Star”

Você garota (talvez até garoto, por que não) está afim de faturar uma grana vendendo nudes na internet, já sabe como colocar isso em prática?

Hoje explicaremos um pouco sobre essa nova profissão que está ganhando cada vez mais adptos, listando as melhores opções para iniciar e citando exemplos de quem já está na atividade. Confira os tópicos:

  1. Como funciona a venda de nudes online?
  2. Determinando seu conteúdo
  3. Quanto dinheiro dá pra fazer vendendo nudes?
  4. Quanto cobrar?
  5. Sites e aplicativos para vender nudes

Curtiu a ideia? Vamos lá…

Como funciona a venda de nudes online?

Seja através de plataformas específicas ou redes sociais diversas, a prática é bem simples: garotas anunciam a venda de fotos e vídeos e a macharada de plantão paga para recebê-las. Independente se profissionais ou amadoras, e muitas das vezes, feitas por encomenda de acordo com o gosto do cliente.

Em resumo, a ordem seria a seguinte:

  1. Crie um Instagram/Twitter para se expor e divulgar seu produto.
  2. Escolha a plataforma para envio das fotos, podendo ser até mesmo o WhatsApp.
  3. Receba o devido pagamento.
  4. Realize o envio do conteúdo combinado.

Mas afinal, o que é preciso para começar no ramo?

Celular em mãos, vontade e coragem, é tudo que você precisa logo de cara! Além é claro de escolher em qual plataforma investir (falaremos sobre no decorrer do artigo.

Inclusive, o motivo do comércio de nudes estar tão em alta é justamente essa facilidade para começar, por não necessita de um investimento inicial e também graças a enorme demanda. 

Determinando o nível de exposição

O primeiro passo é determinar que tipo de fotos ou vídeos você pretende produzir, restringindo assim o seu público alvo. E foi pensando nisso que separamos as opções mais comuns de conteúdo:

  1. Sensual, sem nudez: somente fotos de lingerie, biquíni e pouca roupa no geral. Algo na pegada Paparazzo. Esta é a opção geralmente escolhida por aqueles mais famosos, que não querem se expor muito.
  2. Sensual, com nudez parcial ou total: aqui já entra um topless ou, dependendo do caso, nudez completa, porém ainda assim algo mais artístico.
  3. Explícito: aliando nudez e elementos sexuais, como a masturbação ou utilização de brinquedinhos.
  4. Realizando sexo: Isso mesmo. Para as mais ousadas, existem clientes dispostos a pagar por um vídeo seu transando com outra pessoa. Em outras palavras, seria um pornô amador.

Existe também a opção de unir todos, criando pacotes com valores diversos. Assim, cada cliente pode optar pelo melhor custo benefício de acordo com as suas “necessidades”.

Dá para se sustentar vendendo nudes?

Cada menina dá seu preço, baseado em quanto você acha que vale sua exposição e sua “fama” (meninas com mais seguidores conseguem cobrar mais caro).

Vamos citar números para exemplificar: em 2016, quando possuía 750 mil seguidores no Instagram, a modelo Jéssica Constantino revelou que seus pacotes de conteúdo variavam de US$ 25 a US$ 100. A primeira opção, dava acesso às fotos por 2 meses, já o pacote mais caro incluia selfies e até mesmo vídeos da garota se masturbando. 

“Com a venda do conteúdo erótico, a modelo diz conseguir pagar as mensalidades da faculdade particular que cursa, morar em um bairro de classe média em Brasília (Águas Claras) e realizar “sonhos consumistas”. Um deles foi a compra de uma bolsa de uma marca italiana, que custou R$ 8 mil, afirma.” (via G1)

Um pouco mais para baixo na casa dos seguidores, na época com 15 mil, a modelo Mayara Meyer revelou ao site Aratu On que faturava cerca de R$ 6.000 por mês. Além disso, a garota ainda decidiu gravar um vídeo falando sobre seu trabalho, ainda considerado um tabu para muitos:

Quanto cobrar pelos nudes?

Packs de fotos e vídeos

Aqui temos o modo mais fácil, mas também o mais barato. Basta fazer um bom ensaio, reunir as melhores fotos em packs (pacotes) e vendê-los por um valor fixo. Todos os clientes estarão adquirindo as mesmas fotos.

Preço sugerido para iniciantes: R$20 pelo pacote com 5 fotos. R$40 pelo pacote com 2 ou 3 vídeos.

Fotos e vídeos personalizados

Nesse caso, você estaria fazendo fotos e vídeos de acordo com o pedido do cliente. Em alguns casos, o cliente vai querer que você realize fetiches e fantasias no geral. Obviamente, tudo de acordo com a sua vontade e regras informadas no processo de contratação do serviço.

Preço sugerido para iniciantes: R$50 pelo pacote com 5 fotos exclusivas. R$100 para vídeos personalizados, com duração máxima de 10 minutos.

Chamadas de vídeo

Alguns clientes podem estar dispostos à pagar por um “encontro virtual”. Sendo assim, combine anteriormente até onde pode ir a ligação (tirar a roupa toda, utilizar brinquedos eróticos e etc), além do tempo de duração, para não haver qualquer problema. Certos homens podem simplesmente te chamar para um papo, quase como um namoro virtual, já outros estarão ali para uma masturbação mútua.

Preço sugerido para iniciantes: R$150 por uma chamada de vídeo via Whatsapp com no máximo 15 minutos de duração.

Sites e aplicativos para vender nudes

Com a popularização da prática, diversas plataforma especializadas surgem a cada ano. Porém, são as pioneiras que seguem como queridinhas das modelos e do público no geral, independentes se criadas para o mercado do entretenimento adulto ou não!

Pretende começar no ramo? Aqui estão as melhores opções:

Divulgação nas redes sociais/fóruns e venda pelo WhatsApp

Twitter e Instagram, além de fóruns como o Reddit, costumam ser utilizados pelas meninas para divulgar a prestação desse serviço. Lá elas publicam fotos eróticas, porém mais “leves”, para instigar os homens e atraí-los às compras.

Com a isca pronta, basta informar seu WhatsApp para que haja a negociação e efetuação do pagamento pelos pacotes. Além é claro do envio do material por ali mesmo

OnlyFans

Tanto a versão web como os aplicativos funcionam com base no velho seguir e ser seguido, porém, com uma diferença: as pessoas precisarão pagar para ver aquilo que você publica..

Existem duas opções para os seus fãs: assinatura mensal para ter acesso a tudo que for publicado por você naquele mês, ou o formato pay-per-view, onde o cliente paga diretamente por certa foto ou vídeo.

aNh zE6DQ764Iw75od13DgoR5fgVFVAscHdDx6R71NsKWDkHkRbfjLU1 cQZrVKzfDzjVV 1
Perfil da ex-modelo da Playboy Jenna Bentley.

Sendo assim, tudo que você precisa fazer é criar uma conta na plataforma e gerar fotos/vídeos para os seus cliente. O resto fica por conta do próprio OnlyFans, que gerencia os pagamentos.

Ah, vale citar que mandando bem, os usuários ainda podem te deixar aquela gorjeta!

Snapchat

Umas das plataformas prediletas para o mercado do entretenimento adulto, já que possui certas características que tornam todo o processo bem mais fácil: opção de envio do conteúdo somente para pessoas selecionadas, além é claro do tempo de duração das publicações.

Normalmente as modelos divulgam seus perfis do Snap em outras redes sociais mais utilizadas, assim como citamos na opção do WhatsApp. Porém, aceitam somente os seguidores que pagam pelo serviço, adquirindo assim o direito de ver suas fotos e vídeos.

Patreon

Algumas garotas optam pela plataforma tanto por ser bastante difundida, como também pela facilidade. Basta informar o conteúdo que você irá produzir, inserir os devidos valores e aguardar seus apoiadores em busca das recompensas.

Kickstarter

O site de financiamento coletivo também é utilizado para o comércio de conteúdo erótico. Normalmente a modelo insere uma meta para que seu ensaio nu seja feito, e quando a mesma é obtida, envia o conteúdo combinado para seus contribuintes, divididos em níveis de acordo com o valor pago.

Por exemplo: aqueles que contribuíram com R$ 50 recebem 20 fotos, já aqueles que pagaram R$ 100 ganham acesso ao vídeo de making of.

Paradise Girl

O Paradise Girl possui uma área focada em venda de conteúdo erótico, como fotos e vídeos, além de acompanhantes que realizam atendimento por videochamada. Basta conferir a seção Sexo Virtual e entrar em contato para inserir seu anúncio ou saber um pouco mais sobre o funcionamento!

Conclusão

Como vimos, é um ramo bem simples de entrar. Porém, a concorrência acaba sendo equivalente a isso.

Mulheres fisicamente atraentes, ou que possuem alguma peculiaridade que gera interesse masculino, levam vantagem e podem ganhar fama facilmente nas redes sociais, facilitando ainda mais todo o processo.

Mas enfim, o bom é que há espaço para todas, não é mesmo? A internet é grande o suficiente, e o gosto masculino também!

Se você ainda está em dúvida sobre algo relacionado a venda de nudes, não hesite em deixar seu comentário. Estaremos de olho em tudo!

Relacionados:

Como fechar mais programas: dicas para acompanhantes e garotas de programa
Guia para fazer um ensaio sensual profissional incrível e atrair 60% mais clientes!
Como ser uma acompanhante de luxo – Guia para garotas de programa
Como cobrar mais caro pelo programa: torne-se uma acompanhante de luxo

Compartilhe esse post:

JP
JP
Nascido em meados da década de 90, escreve para sites e blogs desde 2009, abordando temáticas variadas da forma mais autêntica possível. Amante de música eletrônica, vida noturna e, o elemento não pertencente ao conjunto, cultura nerd.

20 respostas para “Como ganhar a vida vendendo nudes online – Conheça a profissão “Nude Star””

  1. Yara souza disse:

    Gostaria de saber se pode fotos sem mostra o rosto, se n expoe a pessoa q esta vendendo. Como faz para receber pelo material vendido.

    • JP JP disse:

      Olá, Yara. Tudo bem?

      Vamos por partes: primeiro, sobre fotos sem mostrar o rosto, pode sim, desde que você deixe isso bem claro para os clientes. Em resumo, é você que separa o conteúdo que tem interesse em vender, então é só preparar uma descrição sobre o “produto” que informe cada detalhe. Nesse caso, que as fotos não mostram o seu rosto.

      Segundo, sobre receber pelo material vendido, depende do caso… Normalmente as garotas vendem seus packs de foto e recebem o pagamento via depósito, transferência, PayPal ou PicPay, negociando diretamente com o comprador.

      Qualquer dúvida que acabe restando, é só deixar em um próximo comentário!

      Abraço.

  2. Yara souza disse:

    Tenho interesse em venderquero mais informaçoēs.

  3. Vera Lúcia Alina Gonçalves disse:

    Tenho interesse em vender

  4. Carol disse:

    E, sobre vender vídeos meus no Xvideos? O que acha? Como proceder?

    • JP JP disse:

      Olá, Carol.

      No momento, nossa recomendação é que opte pelos meios citados aqui no post para venda de conteúdo online. Eles nos soam mais funcionais nesse caso!

      Abraço.

  5. Lua disse:

    Vcs fazem parceiras com as modelos?

  6. lulu disse:

    Tem algum site em portugues?

  7. Francielly disse:

    Tenho interesse mas não sei como iniciar, gostaria de ajuda

  8. Linda Schneider disse:

    Boa noite! Gostaria de saber se posso vender fotos semi nua; gravar um strep sem mostrar o rosto?

    • JP JP disse:

      Olá, Linda. Tudo bem?

      Pode sim! O formato das fotos ou vídeos fica a critério da própria garota. Ela mostra o que quer e bem entende, basta apenas detalhar essas informações para os clientes, evitando assim qualquer tipo de desentendimento.

      Abraço.

  9. Monniky disse:

    Gostaria de vender minhas fotos tb. Vocês fazem parceria?

  10. Lili disse:

    Se cobrar pelo paypal, é possível ocultar o nome? Quero começar mas não quero estar atrelada a nada que faça conexao com meu nome, email… como funciona para ir para a minha conta no banco?

    Muuuito obrigada

    • JP JP disse:

      Olá, Lili. Tudo bem?

      Infelizmente não há opção de anonimato no PayPal.

      Sobre repassar valores de lá para o banco, é um processo simples dentro da plataforma, bastando adicionar uma conta bancária e informar o valor a ser enviado. Ah, vale lembrar que ambas as contas, PayPal e banco, devem estar no nome da mesma pessoa!

      Abraço.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *