Como trair a mulher sem ser descoberto?

Neste artigo, ensinaremos você a dar aquela pulada de cerca sem ser descoberto.

Mas antes de tudo, é importante deixar claro que não estamos encorajando ninguém a trair, ou tratando o ato como algo okay. Se você estiver em um relacionamento que não funciona mais, recomendamos a separação!

Porém, entendemos também que para outros homens, ter filhos ou até mesmo ainda amar a esposa dificulte isso, e a questão fica sendo somente suprir sua necessidade sexual. Nesse caso, confira as dicas abaixo, onde cobrimos:

  1. Diferentes formas de trair
  2. Desculpas para dar a escapada (o famoso álibi)
  3. Cuidados para não ser descoberto

Vamos lá! 

1. Entenda as formas de trair e como proceder

Amante no trabalho

O mais importante: saiba separar o sexo do trabalho em si. Nada de flertes dentro da empresa, para evitar qualquer mínima desconfiança dos outros funcionários.

Além disso, saiba que nesse caso é importante informar para a sua amante que você é casado, para ver se ela topa ou não estar envolvida na traição. Caso você não avise, não será nada legal trombar com ela na rua quando você estiver com sua esposa.

Garotas que você conheceu num bar ou qualquer outro lugar

otR KLB3ct4uBPD577eRHyk9q2qiL5cwPOCMRDdk8xZewhabfeko2HgBIqmRWPYPbwxAiMGgthgrjk2WDxpixSipjo4POQ0veP1FzCZaZidCUwaGkE8nQGkVXZORPr 2AV4q Uj 1

Apesar de arriscado quando feito na sua própria cidade, é um dos modos mais fáceis de encontrar uma transa para a noite. E sendo desse modo, apenas o famoso “pente e rala”, você não precisa necessariamente dizer que tem esposa, pois não há necessidade de compartilhar a sua vida com alguém que você só passará uma noite.

Agora, havendo a pretensão de continuar ficando com a menina, vale a pena compartilhar o básico, ao menos, porém sem citar detalhes, nomes, locais e etc. Assim você descobre se ela está disposta a ser a outra.

Aplicativos de relacionamento

Em apps como Tinder, Badoo, Happn, Lovoo e Scruff, é fácil encontrar pessoas procurando somente por sexo. Basta somente você baixar o aplicativo longe de casa, utilizar, e lembrar de excluí-lo antes de retornar. Ou na melhor opção, separe um aparelho só para isso, e esconda ele muito bem (que tal no seu armário do trabalho?).

O risco aqui fica por conta da utilização das suas fotos. Creio que a melhor opção é deixar para aquela viagem sem sua mulher, pois em outra cidade, o risco de algum conhecido te encontrar no app diminui bastante.

Para complementar o tópico, separamos um vídeo onde Eduardo Borges, o diretor-geral da rede social canadense Ashley Madison, cujo foco é justamente em promover a facilitação da traição, dá dicas que acabam sendo válidas tanto no próprio site como no geral. Algumas delas citadas no decorrer desse artigo, inclusive.

Redes sociais

Quando tratamos de redes sociais, o jogo pode se tornar bastante arriscado, então, seja o mais discreto possível. Foque em garotas que vão até você, respondendo stories no seu Instagram, por exemplo. Assim você correrá menos risco da menina ser “honesta” e te entregar para a patroa.

Caso você pretenda ir a caça, procure conversar de modo “seguro”, não deixe claro suas intenções em uma conversa que pode muito bem ser printada, deixe as investidas maiores para pessoalmente ou no máximo em ligação.

Garotas de programa

Temos aqui a melhor opção, inclusive para a mulher traída (menos pior, nesse caso), como vimos no artigo: Transar com garota de programa é traição?

É algo certo, seja em boates, casas de massagem, sites de acompanhantes de luxo, classificados ou qualquer outra opção de onde encontrar garotas de programa. Um serviço prestado já com data marcada e sem qualquer envolvimento emocional, o que possibilita toda uma programação para aquele horário com passe livre.

2. Encontrando um álibi: possíveis desculpas para dar aquela escapada

Pesquisas sugerem que as mulheres percebem quando seu companheiro possui tendências a traí-la, como visto nesse artigo da revista Exame. Tendo isso em mente, você precisará sempre de uma desculpa planejada e convincente.

O clássico futebol com os amigos

NGAIVVrbjK7zGGty967c7e15VSMnYSvGdKYJyDjMMakk2jNHTePV5jP7QK0CDZBwrpKUTmDgTZSEOgT v1KAXBY fjMAYV6SzxjjNc1Bzekmn3v9o3ClS2OK dPwq4IVLqnc WcP 3
Aquela partida onde você adoraria “agarrar”…

Desde que os tais amigos não conheçam a sua namorada ou esposa, basta faltar um dia e deixar avisado para eles algum motivo qualquer. Assim, não corre o risco de chegar aquela mensagem no Whats: “Ei, não deu para ir jogar hoje?”.

Viagem à trabalho ou reunião após o trabalho

Obviamente, conte com essa opção apenas se for condizente com o seu emprego. E se possível, informe para sua mulher que o tal evento é com alguém que nem sequer existe, inventando nome e cargo fictícios. Assim, não haverá o risco de ninguém contar para sua companheira.

Caso você trabalhe com um bom amigo, de extrema confiança, tudo ficará ainda mais fácil. Restando apenas combinar todo o álibi com ele.

Saída ao banco durante o trabalho 

Muitas acompanhantes do site Paradise Girl contam que o horário que os clientes mais procuram elas é durante o intervalo do almoço. Os clientes avisam seus colegas de trabalho que vão dar aquela “passadinha no banco”, quando na verdade estão indo para um programa “express” com acompanhantes.

3. Cuidados

Durante as três etapas da escapada, antes, durante e depois, certos cuidados devem ser tomados. Afinal de contas, você está indo para suprir suas necessidades, se sentir melhor, e não acabar gerando problemas diversos!

Antes do encontro

  • Não cisque em galheiros próximos: optar por pegar amigas da sua mulher, vizinhas ou colegas de trabalho pode tornar tudo ainda mais arriscado. Portando, traia sempre com pessoas que morem longe. O ideal é encontrar alguém naquela cidade onde você costuma viajar para visitar parentes ou trabalhar. Ainda assim, longe de locais onde sua esposa possa chegar a visitar.
  • Apague o histórico de conversas: afinal, criar provas contra você mesmo não será interessante.
  • Não arrisque sem necessidade: acha que hoje é um dia ruim? Aquiete o rabo no sofá e espere o melhor momento. Não custa nada confiar um pouco no seu “sexto sentido”.
  • Julgue se você deve ou não revelar a situação para a amante: será que você deve falar para a amante que tem uma esposa/namorada? Depende do caso! Uma qualquer da balada, por exemplo, não precisa saber da sua vida. Garotas de programa ficam no meio do caminho, no tanto faz. Já para uma colega de trabalho, como já citamos, é bem mais interessante revelar, evitando assim possíveis confusões.
  • Não use seu nome verdadeiro: no caso de aplicativos ou redes sociais, evite expor informações pessoais.

Durante o encontro

  • Escolha bem o local: opte sempre por locais discretos, se possível, completamente sigilosos. Jantar naquele restaurante badalado? Nem pensar, muito arriscado!
  • Não permita marcas durante o sexo: nada de arranhões, chupões ou qualquer outra prática sexual que deixe vestígios.
  • Atenção no seu cheio: marcar o encontro para o final da tarde e chegar em casa com o cheiro da mulher, ou de banho recém tomado, é um vacilo absurdo. Tente sempre voltar no mesmo padrão do dia a dia e andar com um frasco do seu perfume preferido.
  • Nunca envolva emoção: a mulher pode acabar gostando de você e ameaçando seu casamento. Da mesma forma que, se você passar a amar outra mulher, sua esposa notará rapidinho.

Depois do encontro

  • Saiba a hora de pular fora: desconfiou que a garota pode te entregar para sua mulher? Encerre tudo antes mesmo que ela possa saber alguma informação sobre você.
  • Apague o histórico de conversas: antes e depois do encontro, sempre.

Conclusão

Enfim, listamos cada detalhe para você que está precisando buscar sexo fora do seu relacionamento. Mas isso não significa que aprovamos tal ato.

Estamos entregando a isca e a vara (com o perdão da palavra), porém somente você decide se precisa ou não pescar em outros mares.

Caso tenha restado alguma dúvida, não hesite em deixar seu comentário. Estamos sempre de olho para complementar o artigo com ainda mais informações relevantes.

E você, tem alguma dica que deixamos passar? Escreva aqui embaixo?

Relacionados:

Las Vegas: strip-clubs, prostituição e cassinos
O que o feminismo diz sobre a prostituição?
Onde e como contratar uma stripper – Guia para despedida de solteiro
Saiba tudo sobre as lives da madrugada em que as gatas então rebolando até o público delirar

Compartilhe esse post:

JP
JP
Nascido em meados da década de 90, escreve para sites e blogs desde 2009, abordando temáticas variadas da forma mais autêntica possível. Amante de música eletrônica, vida noturna e, o elemento não pertencente ao conjunto, cultura nerd.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *