Como encontrar surubas, orgias e casas de swing

Aqueles que chegaram até aqui, muito provavelmente já sabem do que se trata uma suruba ou swing, e estão simplesmente procurando onde realizar a atividade. Vamos te explicar direitinho como encontrar um sexo grupal para você se divertir!

p09S cbPXyQQRnuzGYiRvp MPRJdCp78d FWgbkg8Cjim 1
Kanye West simulando uma orgia entre celebridade no clipe de “Famous”.

Tendo isso em mente, separamos as principais opções para encontrar de modo rápido e fácil uma boa orgia, para participar sozinho ou com sua parceira!

Vamos descobrir onde?

Através de aplicativos e redes sociais

Plataformas focadas no sexo entre três (já falamos sobre menage aqui no blog) ou mais pessoas, independente de suas orientações sexuais, podem ser excelentes aliadas para os surubeiros de plantão. Confira as melhores opções no ramo:

Sexlog

A rede social permite aos usuários conhecer casais, homens e mulheres interessados em explorar seus fetiches. Já são mais de 11 milhões de usuários em busca de encontros sexuais. Lá você pode filtrar pessoas com base em interesses em comum, neste caso, sexo em grupo e surubas!

Seu modo de funcionamento permite adição de amigos, envio de mensagens e até mesmo participação em grupos, com base em categorias..

Ysos

Um dos apps mais populares do segmento, e que possui versão em português.

Sua versatilidade permite criar perfil masculino, feminino ou de casal, seja hetero ou homossexual. Além disso, a pesquisa interna pode ser feita tanto na sua cidade como em outros locais, o que possibilita que você marque encontros em viagens futuras, por exemplo. Em certas situações, como para garantir que nenhum conhecido acabe te encontrando, essa função será uma mão na roda!

Feeld

Também permite a criação de um perfil sozinho ou de casal. Como diferencial, possui um espaço para escrever sobre interesses, ajudando assim na procura por parceiros sexuais com gostos parecidos, e chat com envio de fotos permanentes ou temporárias.

Para fazer login, basta utilizar sua conta do Facebook.

Pitanga Club

Focado no “poliamor” é originalmente pensado para quem quer ir além do sexo casual, porém, diversos usuários estão ali somente para transar loucamente em galera. Você é um desses, correto?

Swingers Party

Com a utilização de filtros, permite localizar solteiros e casais para o sexo grupal, como seu próprio nome sugere. Seu modo de funcionamento é bem prático, direto ao ponto: logo na tela principal o aplicativo exibe uma lista de perfis, bastando um toque para iniciar o papo. Daí em diante é com vocês!

Encontrando casas de swing no Google

Apesar de bem semelhantes às boates normais, as casas de swing possuem algumas peculiaridades… na hora da entrada, por exemplo, solteiros pagam bem mais caro. Já aqueles que chegam acompanhados de uma parceira (recomendamos convidar uma peguete ou amiga mente aberta), estão contribuindo com o jogo, então automaticamente desembolsam um valor mais razoável.

Com relação ao local, há normalmente, além do bar, uma pista de dança, alguns quartinhos e, é claro, o ambiente para sexo em grupo.

Resta saber como encontrá-las, correto? Bom, pode parecer meio óbvio, porém, você já experimentou pesquisar termos como “casa de swing + nome da sua cidade” no Google? São diversas as capitais brasileiras, e até mesmo cidades um pouco mais interioranas, que possuem estabelecimentos do tipo. Será necessário apenas esta rápida pesquisa e uma conferida no mapa.

Frequentando boates da sua cidade

Algumas boates comuns possuem noites específicas para a prática do sexo grupal, se tornando assim uma opção secundária com relação às casas citadas no tópico anterior.

Nesses casos, costumam ser datas específicas, em parceria com alguma produtora de festas ou grupo de swing, onde existem duas opções: a boate ser fechada por completo para a prática, ou haver a liberação de um espaço específico (lounge) para que ocorra o bacanal.

“Em conjunto com festas mais ‘quentes’, digamos, costumamos transformar nosso espaço VIP em uma espécie de área naturista para grupos de swing. Lá, eles podem ficar a vontade para circular como querem e bem entendem, além de consumar seus desejos carnais. Além dos seguranças do grupo e da boate, ficam presentes somente os baristas necessários, para não haver tumulto.

No processo de divulgação desse tipo de festas, costumamos avisar ao público da possibilidade. Cobrando valores diferentes e aceitando somente a entrada de casais no espaço reservado.

Também já ocorreu o contato desses mesmos grupos para simplesmente alugar a boate toda por uma noite. Após combinarmos questões de valores e consumo, aceitamos em três oportunidades. Nesses casos, não havia a venda de ingressos para pessoas de fora. Era algo bem seleto.”

Nathanael “L”, promoter – preferiu não identificar
o estabelecimento citado.

Porém, até mesmo em dias comuns nas baladas da vida, você pode acabar conhecendo pessoas que estão afim de curtir uma aventura sexual, quem sabe, no mesmo nível que você. A partir daí, pode nascer o seu próprio grupinho de surubeiros. Afinal de contas, é bem mais fácil encontrar pessoas interessadas e dispostas em um ambiente propício assim do que na reunião da firma, por exemplo.

Não encontrou? Que tal criar seu próprio grupo de suruba?

TlAVsoyUNvU6MLNAvYzs4BLHPhpoNIujy0nN3DElzMgbXLsDlBt6brcDBfknLQSWuUaz5ztrW0i8pVALwd2DJONqohNKVLxEdlXAYzK9taCH5cgWQLGmKAFFCzd2WhLwoV3ZuO B 3
Uma Boa e Velha Orgia, filme de 2011.

Encontrar um grupo praticante pode ser uma tarefa bem complicada, já que costuma haver sigilo relacionado ao ato. Porém, existe sempre a possibilidade de você mesmo juntar uma galera para a prática, como já introduzimos no tópico anterior.

Se você tiver um pouco de sorte, algum amigo ou ficante já pode fazer parte de algo assim e te introduzir. Do contrário, vale uma sondada em seus contatinhos, principalmente as com mais “cabeça aberta”, para descobrir aquelas que topariam uma festinha do tipo e colocar em ação na casa de algum dos envolvidos.

DICA PRO: Se tiver condições, opte por fazer a festa na casa de praia/fazenda de algum amigo. Assim diminuem as chances de algum vizinho simplesmente chamar a polícia pelo barulho.

Bônus: truques para começar mandando bem

No vídeo a seguir, temos Mayumi Sato, colunista do já citado Sexlog, dando 7 dicas rápidas e fáceis para você mandar bem em sua primeira suruba e ser convidado para diversas outras!

Conclusão

Agora que você já sabe por onde começar, é só colocar a mão na massa, seja indo até a casa de swing mais próxima, ou reunindo a sua própria galera para uma festinha regada a bebida, diversão, e claro, sexo all night long.

Você que já costuma praticar, que tal compartilhar nos comentários suas experiências e, quem sabe, informações relacionadas? Vamos fortalecer a comunidade!

Vale a destacar que o espaço abaixo também está aberto para os companheiros que permanecem em dúvida sobre o tema. Estamos sempre de olho para responder todas as questões!

E para finalizar, ainda nas temáticas sexo e curtição, que tal dar uma conferida em nosso artigo sobre despedida de solteiro?

Compartilhe esse post:

Artigos relacionados:

Guia definitivo para quem tem pênis pequeno – como fazer sexo e dar prazer para mulher!
Como trair a mulher sem ser descoberto?
Transar com garota de programa é traição?
Como encontrar mulheres para menáge (sexo a três): Guia para casais e solteiros
Pedro Albuquerque
Pedro Albuquerque
Fundador do Paradise Girl e consumidor do mercado de garotas de programa a mais de 5 anos. Entrou nesta vida em São Paulo, nas melhores boates e sites do Brasil, e teve experiências no Rio de Janeiro, Campinas, Florianópolis e até mesmo em Santiago, no Chile. Estudou engenharia na UFSC, trabalhou em consultoria de negócios e agora se dedica ao empreendedorismo!

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *