Tieri Mizuno fala sobre cosplays no atendimento e revela “faço por safadeza”

Cidade de residência: São Paulo

Twitter: @tiechan6

Altura: 1,58

Estilo: Natural

Nossa entrevistada de hoje é a gata oriental Tieri Mizuno, uma das acompanhantes nerd mais adoradas pelos clientes nas redes sociais e fóruns adultos!

Aprecie o papo com a beldade:

mpn NJ tsH25z7hhzf5ZMngSmumUN3cZbR394DQFvfJZM6IBDRYTuHAIPgFgHiFjLvjZ2zzIPPj03vjrFngSgqkIRN6d DcytVZbF5RUk37X 1

Tieri, você é brasileira?

Não, eu nasci no Japão e vim com 7 anos para o Brasil com a minha mãe, que é brasileira e havia conhecido meu pai lá.

Após ficar um período por aqui, estudando, voltei para o Japão novamente, onde passei certo tempo e depois retornei ao Brasil.

Você é uma das poucas acompanhantes estrangeiras que conheço. Como você entrou no mundo do entretenimento adulto?

Eu já era muito safadinha (risos)… então eu saía com vários meninos, já que ao chegar no Brasil acabei gostando muito dos brasileiros.

Só que eu era safadinha mas não cobrava nada, até o dia em que vi que poderia ter lucro com isso. Comecei a achar interessante, ser uma garota safadinha, “putinha”, e conseguir fazer as duas coisas (aproveitar e ganhar dinheiro). Estou na ativa desde abril de 2019.

De onde veio a ideia de fazer cosplay durante o atendimento?

Na verdade, foi de tanto me pedirem, pelo fato de que eu sou japonesa mesmo e falo, me expresso, como uma. Assim, pediam muito, falando que eu tenho um jeitinho que ficaria legal, e eu acabei começando.

Eu não sou daquelas viciadas em assistir anime, faço por safadeza, para fazer hentai (risos).

Hoje metade dos atendimentos que faço são de cosplay. Quando o cliente curte, eu acho que fica bem legal, por ver que eles ficam bem felizes, vibram muito.

Aproveitando, quais cosplays você já possui?

Eu faço a Hinata e a Sakura (Naruto), uma dama de honra japonesa, a professora safada Izumi Sagiri (Eromanga Sensei), Mai Shiranui (Fatal Fury e The King of Fighters) e Gakusei, que são as estudantes, da e-girl mais revoltadinha até a garota kawaii, reservadinha.

jRPmM7jZEzAV0jaUL t5mJsS3K7ZxvX7ZEraXfcXiJfJ4CR4Pdt7hd2WrZtuvn jMNrxBVI9a 2OK EhdAxWq5NuBNUNUy0cKe4TfuY4H3K 3
Tieri Mizuno de Mai Shiranui.

É mais caro contratar você de cosplay?

Sai mais caro, tem um extra. As roupas e perucas são bem caras, às vezes até importo do Japão, e quando compro pelo Brasil, ainda gasto após a chegada, já que sempre mando retocar algo para ficar perfeito.

Além disso, dá trabalho para entrar no personagem, cerca de uma hora me arrumando antes do encontro.

Durante o atendimento, você realmente encarna a personagem, agindo como ela?

Com certeza! Na verdade, eu faço hentai, uma forma de pornô que é um pouco diferente da ocidental.

A gente brinca com questões como lubrificação, sobre o pênis ficar duro, que ficou safadinho (risos), dialogando e fazendo caras e bocas. Os otakus adoram esse jeito caricato, inclusive a maioria deles são brasileiros, nem mesmo descendentes!

Em que idioma você prefere interagir na cama?

Eu falo português e japonês, mas quando estou fazendo cosplay prefiro o nihongo (japonês), por ser o idioma original das personagens.

Inclusive, quando começa o encontro, eu faço para o cliente ignorar se não entender algo que eu falar, para incorporar e ficar gostoso (risos).

Sabendo que existem homens com fetiche em se vestir de mulher, já aconteceu de algum cliente pedir para usar o seu cosplay?

Não, Deus me livre emprestar minha peruca, minhas coisinhas bonitinhas (risos). Mas já aconteceu de um menino pedir a calcinha, que eu vestisse nele… e não é que ele tinha uma bunda bonitinha, o danadinho?!

Você já fez programa no Japão?

Não, no Japão eles são proibidos. Apontam você como uma pessoa que não faz coisa correta e acaba prejudicando a família toda, então nunca pensei em fazer isso lá.

Existem casas só de sexo oral, mas elas não são bem vistas. Fica naquela questão de massagem com final feliz, sabe? Pode massagear e chupar, mas não pode penetração, é crime.

Existem certos locais onde rola o que é conhecido como “banho turco”, onde a garota dá banho no cliente e rola penetração, mas normalmente são locais onde a máfia está envolvida.

Confira a live da entrevista com a Tieri Mizuno!

Aproveitando, vale citar que a entrevista foi realizada em uma live no canal do Pedro Albuquerque, e que o vídeo permanece disponível. Nele a Tieri está fazendo cosplay de Sakura, personagem do Naruto! Assista:

Compartilhe esse post:

Artigos relacionados:

Conheça a Rangel Carlos, a acompanhante de luxo mais cativante do Brasil
Tieri Mizuno fala sobre cosplays no atendimento e revela “faço por safadeza”
Descubra quem é o Mister Love (@lovesafadas): Sim, ele é da putaria e viciado em sexo!
Sofia Dantas fala sobre passado rebelde e o fetiche mais estranho que realizou: “Bizarro”
JP
Nascido em meados da década de 90, escreve para sites e blogs desde 2009, abordando temáticas variadas da forma mais autêntica possível. Amante de música eletrônica, vida noturna e, o elemento não pertencente ao conjunto, cultura nerd.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *