Quanto cobrar no OnlyFans? Aprenda a dar preço ao seu conteúdo!

O papo de hoje é tanto para você que está começando no OnlyFans e ainda não sabe quanto cobrar pela assinatura, como também para quem já trabalha com isso há um tempo mas ainda não definiu uma boa estratégia sobre valores.

No decorrer do artigo repassaremos informações que você deve levar em consideração na hora de precificar o seu OnlyFans. Com isso, será necessário apenas adequar as dicas ao seu trabalho.

Vamos começar?

Descubra o valor médio cobrado pelas garotas no OnlyFans

A média da plataforma para garotas que estão começando costuma ficar em torno de $10 pela assinatura mensal. Porém, existem diversas garotas que cobram abaixo ou até bem acima desse valor, tudo depende da estratégia!

Garotas famosas, com milhares de seguidores nas redes sociais, costumam cobrar acima dos $25 pelas assinaturas. Isso está relacionado ao fato de que elas já possuem um bom público e quantidade de conteúdo para publicar, graças aos anos de trabalho. Com isso, mesmo cobrando um valor maior, existe público interessado.

A melhor estratégia para quem está começando a vender conteúdo

xrscKBqSLOCv5JmlAmkHIT4NajO95a0Up3tWDagQ2BMUfeALvPvDgIhX9t WV1skFaCBO eI8thhR3MR9QHwDhhnIkz0BhpYGKg85OAvB3dg4z9e4M7z5wBltc7 Hd9AmWDjoH9j 1

Se você está no começo, ainda sem um público formado, o segredo é focar em ganhar por quantidade, e não por cada assinatura em si. 

É interessante cobrar um valor mais acessível, próximo da média citada de $10. Assim você acaba atraindo mais pessoas, já que vale a pena para os assinantes pagar “pouco”, e consegue complementar a sua renda vendendo conteúdo personalizado dentro da própria plataforma.

Multiplique seus ganhos vendendo conteúdo personalizado para os assinantes

Quanto mais pessoas você tiver dentro do seu perfil, mais fácil será vender algo além da assinatura, com um preço fixo.

Diversas garotas fazem uso dessa prática, oferecendo packs exclusivos, realizando fetiches solicitados pelos seguidores, enfim… produzindo algo a mais!

A youtuber Doce Suicide, por exemplo, relatou em seu vídeo sobre o tema que vários assinantes encomendam packs de fotos dos seus pés (assista a seguir).

Basta informar no seu próprio feed do OnlyFans, ou até mesmo por mensagem privada, sobre a existência do seu conteúdo exclusivo. Além disso, sobre a sua disponibilidade em produzir algo sob medida para determinado seguidor, por um valor a combinar!

Existem aqueles seguidores que reclamam, citando que já pagam a assinatura. Quando algo assim ocorrer, basta você explicar que a sua assinatura possui um valor baixíssimo e, além disso, a venda de conteúdo personalizado é algo extra, onde contrata quem quer.

Crie uma conta gratuita no OnlyFans para atrair mais público

Como citamos no artigo sobre como ganhar dinheiro no OnlyFans sem ter seguidores, criar uma conta gratuita é algo bem interessante para apresentar seu conteúdo.

Por lá, será possível manter contato com um público selecionado, que já possui conta no OnlyFans com cartão cadastrado. Então quem sabe mais para frente, curtindo suas fotos e vídeos, os seguidores não acabam assinando a sua conta paga? O fato do valor cobrado pela assinatura ser baixo colabora bastante para isso!

Sempre valorize o seu trabalho!

Vale citar que as dicas acima, como falamos na introdução do artigo, devem ser adequadas ao seu trabalho. Isso porque apenas você sabe julgar o tempo dedicado para a tarefa, além do valor investido.

Se você coloca um preço no seu produto e acha que está justo de acordo com o seu trabalho, mantenha!

Ah, e caso você esteja em dúvida sobre algo ou precisando de mais informações, não hesite em deixar o seu comentário logo abaixo!

Compartilhe esse post:

Artigos relacionados:

Aumente o valor do seu OnlyFans! Como cobrar mais caro pela assinatura
Aprenda como sacar seu dinheiro no OnlyFans em 2021
Quanto cobrar no OnlyFans? Aprenda a dar preço ao seu conteúdo!
Como ganhar dinheiro no OnlyFans sem ter seguidores
JP
Nascido em meados da década de 90, escreve para sites e blogs desde 2009, abordando temáticas variadas da forma mais autêntica possível. Amante de música eletrônica, vida noturna e, o elemento não pertencente ao conjunto, cultura nerd.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *