Carlo Cappa conta em entrevista as boas transas e furadas que se meteu com garotas de programa

Idade: 39 anos

Cidade: São Paulo 

Twitter: @CarloCappaSP 

Você é novo no mundo das garotas de programa? Então fique ligado, porque na entrevista de hoje, Carlo Cappa contou ao Paradise Girl sobre sua primeira vez, assim como algumas roubadas que já se meteu.

Acompanhe os relatos e detalhes que ele conta para gente, sobre como foi e como é estar com garotas de programa (GPs). 

Vamos lá! 

A quanto tempo você sai com garotas de programa? 

Se não me engano, comecei a sair em 2010, conheci alguns fóruns e cheguei a esse caminho, e foi bem antes do Twitter e de outras redes sociais. 

A minha primeira vez foi com a Patricia Dias no flat dela, e foi um ótimo encontro. Ela sabia que era a minha primeira vez saindo com uma garota de programa (risos) e ela fez com que fosse inesquecível mesmo!

Pode nos contar mais sobre essa primeira vez? 

Na época eu tinha 29 anos e não estava em relacionamento nenhum, então decidi me aventurar e foi incrível. Foi ótimo, pois tive o primeiro contato com uma acompanhante em um flat, então tinha várias coisas para serem usadas, e o cuidado também em ter bebidas, doces e toalhas. 

Na cama foi tudo muito quente, desde os beijos até as carícias. O oral da Patricia foi magistral, na pressão e na velocidade certa. Ela fez um 69, porque queria ser chupada ao mesmo tempo e a visão foi espetacular. Depois, ela veio por cima e descobri que é uma das posições que mais gosto, já que dessa forma eu consigo observar a beleza feminina e também segurar os seios das moças com as mãos. 

Na sua primeira vez, você estava nervoso?

Super nervoso, mas escolhi bem. Conversei com a Patricia alguns dias antes e mantivemos contato para quebrar o gelo, e no apartamento, ela me deixou bem à vontade. 

Sindy.fw 1
Foto tirada por @CarloCappaSP da acompanhante @SindySil2

Muitas garotas se sentem incomodadas com conversas longas pelo WhatsApp, achando que o cara não vai contratar. Como você conseguiu manter esse contato? 

Na verdade, não se pode abusar. Todo contato inicial deve existir com um certo cuidado. É preciso entender o lado delas, já que tempo é dinheiro, afinal ela poderia estar fechando um atendimento e não dá para ficar querendo que ela responda na hora algo que não tem nada a ver com isso. 

Eu acredito que tudo está ligado a forma como falar, abordar alguns assuntos e a ter empatia. Sempre falo da química e do respeito. Por exemplo, não chegar nela já utilizando um linguajar chulo e muito menos pedir fotos de todos os ângulos e partes da anatomia humana. Faz parte você saber os gostos e como está sentindo no dia, mas é preciso respeitar o tempo e o espaço delas antes do encontro. Depois, é natural que se crie uma certa intimidade e aí sim, podem rolar outras conversas.    

Você tem dicas para quem tem vontade de sair com uma acompanhante?

Bom eu acredito que antes de fazer uma escolha, é necessário pesquisar. Saber se o valor combina com o seu momento e o biótipo da moça que você está procurando. É importante também ter informações em lugares de confiança, como sites ou no Twitter, além de conversar com pessoas que você confie. É sempre ótimo porque você consegue ter outros detalhes também e se você fazer esse filtro, vai ter como resultado um encontro bem agradável. 

Carlo, teve alguma ocasião em que você se arrependeu da contratação, por acabar caindo em uma roubada?

Sim, três vezes (risos).

A primeira vez foi com uma mulher que não tinha cuidado com a sua higiene. Então foi bem complicado. 

Já na segunda vez, tive um encontro em um flat também, porém foi uma roubada porque eu não segui meu protocolo (risos). Eu fui sem nenhuma informação e acabei sendo recebido por uma garota que não era a mesma das fotos. Para piorar, estava saindo a pessoa que cafetina ela. A princípio, achei que era um cliente, até que eu voltei a ver ele quando sai. 

E a última vez, a moça me deixou esperando no quarto de um hotel (risos). 

Além da química que você procura, existe outro atributo que você busca nas mulheres?

Sim, eu sempre procuro por mulheres simpáticas, que tenham um alto astral e que sejam bem quentes (risos).  

E que tipo de cliente você é? O que uma garota pode esperar de você?

Olha, assim como eu procuro prazer, eu também vou dar prazer. Eu não acredito nessa teoria de que só a mulher tem que fazer. Ela também tem seus desejos e acredito que queira curtir o momento, ficar louca na cama, gozar, dar risada, ser ouvida, etc. Por isso, o que elas podem esperar de mim é o máximo de entrega sempre.

rwBd RTgARpnu1QujD4ALL5BLBGMF9JA3DYkRSnfNPPXOTpa4QleICGrR6eQCaPcl uQ4uOOlc1LveWCy5FPQ8w8qlajb1B3xlmpo7O7 YBVaX TipS4WJgESYmcp7CGgrEGlwY 3
Foto tirada por @CarloCappaSP da acompanhante @CleoAlvesSC

Você já se apaixonou por uma GP?

Já sim, acho que não tem como não se apaixonar, afinal somos seres humanos. Sentimos, confiamos, erramos e também nos apaixonamos (risos). Hoje, virou uma linda e grande amizade, ainda mantenho contato com ela, mas ela tem a vida dela e eu a minha. 

Carlo, as pessoas da sua vida sabem que você sai com GPs?

A minha família não, mas tenho amigos nesse meio também, bons amigos que sabem. Não sei o que minha família faria se descobrisse, não tenho como prever isso. Mas acredito que eles ficariam surpresos, porém não acho que acabaria com nossos laços familiares.

Em poucas palavras…

Um filme: Gosto muito dos filmes da Marvel. O filme Rush é um dos meus preferidos, pois gosto muito de filme que fala, ensina e motiva com a vida real de alguém.

Uma cerveja: Não bebo, mas se for escolher, Corona ou alguma artesanal ipa… Prefiro vinhos mesmo (risos)

Uma atriz pornô: Fabiane Thompson é um sonho que gostaria de realizar (risos)

Um hobby: Tenho vários, mas gosto muito de fotografia, além de colecionar algumas coisas!

Um ídolo: Ayrton Senna

Um desejo: Poder fotografar todas as lindas do Twitter (risos)

Um interesse: Gosto de tecnologia e sempre estou por dentro disso. No playstation, gosto muito de corrida entao GT e F1 são meus favoritos e além deles Call of Duty

Seu perfume: CK, YSL, POLO, 212

Quer acompanhar mais de perto o Carlo Cappa? Clique aqui!

Compartilhe esse post:

Artigos relacionados:

Descubra quem é o Mister Love (@lovesafadas): Sim, ele é da putaria e viciado em sexo!
Sofia Dantas fala sobre passado rebelde e o fetiche mais estranho que realizou: “Bizarro”
Entrevista com Yumi Villar, a acompanhante que está fazendo sucesso nas lives
Lunna LeBlanc fala sobre empoderamento feminino e revela que já sentiu tesão ficando com mulheres
Pedro Albuquerque
Pedro Albuquerque
Fundador do Paradise Girl e consumidor do mercado de garotas de programa a mais de 5 anos. Entrou nesta vida em São Paulo, nas melhores boates e sites do Brasil, e teve experiências no Rio de Janeiro, Campinas, Florianópolis e até mesmo em Santiago, no Chile. Estudou engenharia na UFSC, trabalhou em consultoria de negócios e agora se dedica ao empreendedorismo!

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *