Posso ser uma acompanhante de luxo? – Entenda os requisitos e obtenha informações

Semanalmente, dezenas de garotas entram em contato com a nossa equipe querendo saber se podem ser acompanhantes de luxo. Recebemos perguntas como “acompanhante pode ter estrias?”, “estou acima do peso, consigo clientes assim mesmo?” ou até mesmo “tenho 40 anos, posso trabalhar como acompanhante?” 

Com isso, decidimos criar um artigo para que você possa saber se você realmente pode ser uma dama de luxo! Utilizamos como base a experiência de nossa equipe, pesquisa direta com profissionais do ramo, além dos comentários em nossos textos anteriores, como nosso Guia para se tornar uma acompanhante de luxo.

Ah, mas vale citar que as informações a seguir valem para garotas que pretendem se tornar acompanhantes de luxo, afinal, os clientes são exigentes! Além disso, vamos entender o que é necessário para se tornar uma acompanhante de luxo e quais dificuldades e riscos existem na vida de uma acompanhante.

Você pode ser uma acompanhante de luxo?

Para simplificar as coisas, listamos algumas das dúvidas recebidas mais comuns. Assim, você poderá identificar seu perfil e pensar sobre se tornar ou não uma acompanhante de luxo. Vamos lá:

  • Ter estrias ou celulite: Toda mulher tem um pouquinho de celulite ou algumas estrias discretas, e para acompanhantes de luxo também não tem problema ter um pouquinho. Porém, caso você possua muita celulite ou estrias bastante visíveis, é importante procurar maneiras de eliminá-las. Caso não seja possível eliminar completamente, vale uma investida em lingeries que as cubram, e trabalhar na iluminação do seu local de atendimento. Uma iluminação amarela (e não branca) e mais baixa já ajuda.
  • Estar acima dos 40 anos: Acompanhantes de luxo podem ter mais de 40 anos. Apenas como exemplo, a acompanhante de luxo mais velha do Paradise Girl tem 56 anos, então qualquer idade abaixo disso ainda está aceitável. Entretanto, é necessário estar com o corpo em dia (academia), além é claro de cuidar com as rugas e outros sinais que te façam aparentar ser mais velha.
  • Estar acima ou abaixo do peso: Existe público para garotas plus size e mignon (magrinhas, pequenas). Independente de você ser bastante magrinha, ou acima do peso, certamente encontrará clientes. Vale lembrar que casos extremos não contam: se você for muito magrinha mesmo (sinais de anorexia) ou muito acima do peso, ficará mais difícil conseguir clientes.
  • Não falar outros idiomas: A maioria das acompanhantes de luxo do Paradise Girl falam apenas português, então não tem problema você não falar outro idioma. Entretanto, as garotas que falam inglês ou espanhol acabam dando a sorte de poder atender turistas, que por sua vez pagam muito bem (em dólares) e costumam contratar pernoites. Alguns turistas chegam a pagar até U$1.000 (aproximadamente R$5.000) pela pernoite!
  • Não possuir silicone: Você não precisa de silicone para se tornar acompanhante de luxo! Apesar das modelos mais famosas é ter um belo par de seios turbinados, outras garotas preferem preservar os seios naturais. Tem cliente que gosta de silicone, assim como tem cliente que não gosta.
  • Barriga saliente: Acompanhantes de luxo precisam estar com o corpo em dia, ou seja, nada de barriga saliente, a não ser que você seja plus size e queira focar em clientes que gostam de plus size. Ficar no meio termo, com a barriguinha “quebrada”, não rola.

O que é necessário para me tornar uma acompanhante de luxo?

9fkMqKWbGGhdSikdIAATUi5VvGZP2f5gT tURv pg Qwl 1

Saber lidar com o público

Tratar seus clientes com toda educação, demonstrar ser uma companhia agradável, enfim! Se você não gosta de lidar com pessoas, essa profissão não é para você. Neste mercado, é muito importante cultivar os clientes e fazer um bom trabalho para que você consiga fidelizá-los e criar seu nome neste mercado.

Gostar de transar

Ser uma garota de programa é uma profissão como outra qualquer, e se você não gosta de desempenhar a função principal, que é o sexo, não só você será uma profissional infeliz, mas também terá dificuldades para encontrar trabalho depois de um tempo. Os clientes sempre notam quando a garota não gosta de transar ou não é boa de cama, e isso resulta em comentários negativos em fóruns do ramo que vão dificultar que você consiga novos clientes.

gcbRi6 Bcuk3yMwN3B0fFXt25wCtmeZabu0 qTcxbIJ6oxqPHRql LfCZcinFg3CAH P7MlfQI0LpskqZxA 3
Exemplo de TD negativo.

Lembre-se que, em grande parte das vezes, o cliente procura somente por uma boa transa com uma mulher gostosa ao invés de conversa ou companhia agradável. Simples assim! E para que isso aconteça, ele precisa sentir toda entrega, vontade, do sexo oposto.

Estar apta a desempenhar papéis sociais

Acompanhante de luxo precisam estar muito além do sexo, sabendo se portar nas mais diversas situações: jantar em um restaurante caro, evento corporativo, viagem… é preciso garantir que sua educação e comportamento estão em dia, para uma relação mais íntima com o cliente.

Investir em você mesma e ter um bom controle financeiro

6P4VkcdTEg9ALpoOUyVhCzJbzuGAEJyV6S13v3JRtFqVzdaeby9Yj1k7zPwjPUOzJfbDXKdQLwws8h878BDGStIr7mqIRr3Zg TdAK6sUd6QWDgkQtTV0dtneX18tbw6pf SYkCe 5

Não vamos mentir, algumas garotas ganham muito bem. Entretanto, é essencial que você se lembre de duas coisas. Primeiramente, você deve sempre investir em você mesma. Não esqueça de praticar exercícios, cuidar do cabelo e unhas, comprar lingeries e sapatos, investir em alguns procedimentos cirúrgicos pra dar um up no visual. Ensaios fotográficos também são um elemento importantíssimo do seu cartão de visitas. Quem não investe, não colhe os frutos. 

Além disso, é extremamente importante cuidar das suas finanças, sabendo exatamente quanto entra e sai do seu bolso. Procure seguir boas práticas de finanças pessoais, afinal, você é uma autônoma. Você não ganha férias pagas, 13º, plano de saúde e outros benefícios e estabilidades de um emprego fixo. Então, sempre garanta que você se planeje e economize um dinheiro pra poder tirar algumas férias ou passar por momentos de aperto, como algum custo inesperado ou problema de saúde.

Ter um plano de saída

Ao entrar no ramo, garanta que você possui um modo de sair! Com isso, caso você não aguente o desgaste mental e físico da profissão, não precisará continuar a contragosto, somente por necessidade. Enquanto garotas de programa estão desempenhando sua função, na grande maioria das vezes, por falta de oportunidades, as acompanhantes de luxo permanecem no ramo por vontade própria!

Alguns exemplos de plano de saída são: usar o dinheiro da prostituição para pagar uma faculdade ou curso técnico, criar sua lojinha física (ex: uma loja de roupas), criar um negócio online, se tornar influencer, investir em renda fixa e variável. O importante é entrar nessa vida sabendo quanto tempo você pretende ficar, e investir seu dinheiro para garantir que você tenha uma outra ocupação ao sair desta vida.

Quais as dificuldades e riscos em ser uma garota de programa?

Apesar da profissão ter sido glamourizada, ela não deixa de ser um trabalho como qualquer outro, proporcionando certas dificuldades e riscos. Não é à toa que na Espanha já existe até uma escola para garotas de programa, que oferece informações sobre saúde sexual, planejamento financeiro, marketing, e até apoio psicológico! (via R7)

Mentalmente: é preciso de um psicológico forte para se tornar garota de programa

Diversas garotas não possuem cabeça para lidar com situações como:

  • Clientes abusivos ou sobre efeitos de entorpecentes
  • Clientes sem cuidados com a higiene
  • Clientes deficientes ou com doenças aparentes (como doenças de pele)
  • Clientes tentando aplicar golpes (transar sem pagar)

Fisicamente: é preciso um cuidado redobrado com relação às DSTs

  • É terminantemente proibido vacilar com o uso do preservativo. O mínimo descuido poderá acarretar em danos irreversíveis.
  • Se faz necessária uma bateria periódica de exames de DSTs, já que você estará em constante exposição a doenças transmissíveis através do beijo e do sexo oral, que muitas vezes é praticado sem proteção durante o programa.

Complemente o artigo conosco: quais as suas dúvidas sobre o ramo das acompanhantes?

Como sempre, estaremos de olho na seção de comentários para sanar suas dúvidas restantes. 

Então, não hesite em deixar suas questões ou opiniões sobre o tema. Será um prazer dar prosseguimento ao papo e, quem sabe, complementar ainda mais o nosso texto!

Compartilhe esse post:

Artigos relacionados:

Defesa pessoal para garotas de programa: como se proteger sendo acompanhante
É melhor ser sugar baby ou acompanhante de luxo? – Entenda as diferenças
Posso ser uma acompanhante de luxo? – Entenda os requisitos e obtenha informações
Guia completo para ser acompanhante de luxo e ganhar R$20.000 por mês em 2020
Pedro Albuquerque
Pedro Albuquerque
Fundador do Paradise Girl e consumidor do mercado de garotas de programa a mais de 5 anos. Entrou nesta vida em São Paulo, nas melhores boates e sites do Brasil, e teve experiências no Rio de Janeiro, Campinas, Florianópolis e até mesmo em Santiago, no Chile. Estudou engenharia na UFSC, trabalhou em consultoria de negócios e agora se dedica ao empreendedorismo!

10 respostas para “Posso ser uma acompanhante de luxo? – Entenda os requisitos e obtenha informações”

  1. Noemi disse:

    Olá.
    Desejo saber como declarar o imposto de renda sem expor meus dados pessoais aos clientes. Penso em atuar nesse ramo, mas não posso ser empresária, por motivos diversos. Já como autônoma, não há atividade compatível com acompanhante.

    • JP JP disse:

      Olá, Noemi. Tudo bem?

      Grande parte das garotas acabam optando pelo MEI. Porém, caso não seja uma opção para você, recomendamos que entre em contato com um contador. Ele poderá resolver toda essa questão mais facilmente!

      Abraço.

  2. Clara disse:

    Oi Pedro, li os artigos, e foram muito esclarecedores para mim.
    Tenho 24 anos, estou em forma e pronta pra trabalhar, quero me inserir nesse ramo já a algum tempo. Sou do Paraná, e por aqui não encontrei ninguém que pudesse me ajudar nesse início.
    Será que você teria como me ajudar nisso?

    • JP JP disse:

      Olá, Clara. Tudo bem?

      Muito bom saber que os nossos artigos estão, de algum modo, sendo úteis para outras pessoas!

      Sobre alguém para ajudar no início, o que seria em específico? Caso ainda esteja em dúvida sobre algo, será um prazer esclarecê-las. Porém, caso esteja se referindo a agenciamento no ramo, a prática é ilegal no Brasil. O Paradise Girl somente vincula os anúncios das acompanhantes, sem qualquer envolvimento com seu trabalho.

      Abraço.

  3. Michelle disse:

    Oi JP, há um tempo trabalho com CLT normalmente, porém com a pandemia fui demitida e está complicado de arrumar emprego e este ramo já é de meu interesse há algum tempo e venho pesquisando sobre o assunto em como iniciar, até mesmo para aumentar a renda, pois é complicado trabalhar com um salário fixo sem chance de ganhos maiores e aqui em Porto Alegre a vida é cara!
    Enfim, tenho dúvidas sobre meu corpo, pois estava acima do peso e emagreci e ainda estou na luta para colocar tudo em dia, mas o resultado está vindo, lentamente mas como diz meu endocrinologista tem que ter paciência e jamais desistir!

    Quero saber se posso mesmo com essas mudanças ainda em andamento posso começar ou devo esperar? Ao optar pelo MEI tenho que informar que sou acompanhante? Como funciona? Posso ter regras ou devo ser liberal com os clientes? Vcs orientam com os primeiros programas?
    Aguardo… Obrigada!

    • JP JP disse:

      Olá, Michelle. Tudo bem?

      Entendo a situação e achei bem legal você ter vindo compartilhar conosco, além de tirar suas dúvidas.

      Sobre as mudanças em andamento, não se preocupe, o importante é sempre evoluir! Você pode iniciar no ramo nessa fase de transição e ir investindo em seu corpo, condições de atendimento e outros possíveis detalhes.

      Com relação ao MEI, não há a opção “acompanhante”, sendo necessário encontrar algo o mais próximo possível do trabalho desempenhado. Creio que a melhor opção seja tratar diretamente com um contador, para evitar qualquer estresse futuro.

      Finalizando, é indispensável possuir regras, afinal, você escolher o que pode ou não ocorrer durante o encontro! Como exemplo básico, podemos citar que algumas garotas não fazem sexo anal de modo algum, enquanto outras cobram um valor extra pelo serviço.

      Precisando de orientação, como você citou no final do seu comentário, basta entrar em contato conosco. Podemos tirar suas possíveis dúvidas, sem problemas!

      Abraço.

  4. Anna disse:

    Bom dia!
    Tenho 50 anos, mas estou realmente com tudo em cima para desempenhar o papel de garota de programa. Minha dúvida é como começar, por onde começar. Se eu quisesse começar hoje, o que deveria fazer.

  5. Fabiana disse:

    Ola, sou a faby miro em são José dos Campos e tenho 41 anos mais estou em forma gostaria muito de ter mais informação sobre o assunto pois gostaria de entrar no ramo…

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *