Descubra 7 mitos e verdades sobre a masturbação masculina

Décadas atrás, a masturbação era um assunto controverso e até mesmo evitado. Com isso, foram criadas algumas lendas sobre o tema, como aquele papo que a prática causaria acne e pelos nas mãos.

Listamos a seguir os principais mitos e verdades sobre a masturbação masculina, a fim de esclarecer de uma vez por todas as dúvidas mais comuns.

Vamos lá!

1. É verdade que masturbação causa ejaculação precoce?

1

Mito! A masturbação não é uma das causas possíveis da ejaculação precoce. Culpe fatores como ansiedade, estresse, níveis hormonais, irregularidades físicas, disfunção erétil, entre outros, mas nunca o bom e velho 5 contra 1!

Inclusive, a prática serve como um “treino” e pode muito bem prolongar sua excitação até o ápice. Existem exercícios do tantra focados na masturbação, com foco no controle, autoconhecimento e autoconfiança.

2. Se masturbar faz crescer pelo nas mãos e causa espinhas?

Mito! No máximo, temos a coincidência do excesso de masturbação justamente na adolescência, época onde espinhas e pelos costumam aparecer graças à puberdade. Fora isso, não passa de um papo ultrapassado para tentar controlar os longos banhos dos filhos.

3. Masturbação aumenta o pênis?

Mito! Questões biológicas e genéticas são responsáveis pelo tamanho do seu órgão sexual, não a fricção ou o tempo que ele passa ereto.

O pênis até possui pequenas fibras musculares, mas se trata de um tecido esponjoso, que enche e esvazia de sangue. Sendo assim, a ideia de uma “musculação” para o membro é completamente errônea.

4. Masturbação pode se tornar um vício?

Verdade! A sensação causada pela liberação de hormônios pode viciar, assim como ocorre em qualquer prática satisfatória realizada com grande frequência.

5. Vou perder o desejo sexual me masturbando muito?

i56pER sw 4JfqcuWmAvuIAUZlGSL5HfBwVreC X5zOAymDcV68KWvVCn9PVDK3oCPT1mkS8wPTHF xP1 Y YY QwAl cMgUMqckPQYeD 3

Mito! A libido não é gasta, independente do quanto você se masturba no decorrer da vida.

Claro, pode ser mais difícil manter uma ereção e transar pouco depois de uma boa punheta, mas o mesmo aconteceria no caso do sexo. É necessário dar um tempinho para a segunda rodada!

6. A masturbação em excesso diminui a quantidade de esperma?

Mito! O que pode acontecer é a diminuição momentânea, devido ao curto período de abstinência, não importa se de sexo ou masturbação.

7. Masturbação causa infertilidade?

Mito! Pelo contrário, existem estudos que apontam o aumento da qualidade dos espermatozóides depois de uma semana com ejaculações diárias.

Confira a opinião de um médico sobre o assunto

Para concluir o tema, separamos um vídeo do Dr. Jairo Bouer, onde os mitos comentados no artigo são destruídos pelo médico sem qualquer enrolação. Se liga:

Mas e aí, você ainda ficou com aquela pulga atrás da orelha sobre algo? Basta deixar seu comentário logo abaixo que estaremos respondendo!

Compartilhe esse post:

Artigos relacionados:

13 coisas que a Bruna Surfistinha detestava que os clientes fizessem
Anitta faz tatuagem íntima em live no OnlyFans
Séries, filmes e novelas que falam sobre garotas de programa
K8.game Domina o Mercado de Jogos no Brasil
Avatar photo
JP
Nascido em meados da década de 90, escreve para sites e blogs desde 2009, abordando temáticas variadas da forma mais autêntica possível.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *